S5 Corporate Response - шаблон joomla Книги
Histórico

Histórico

Ex-Presidentes

 

maria dias

A APDMCE foi fundada por um grupo de 17 primeiras-damas, no dia 22 de setembro de 1987. Liderado pela então primeira-dama de Boa Viagem, Maria Dias, a entidade nasceu com o objetivo de contribuir com a transformação do perfil dos municípios do Ceará. Motivo pelo qual ainda hoje trabalha. Além disso, fazia-se necessário agregar as primeiras-damas, capacitá-las e, através de treinamento e troca de experiências, torná-las capazes de assegurar um trabalho consciente, efetivo e eficiente. Neste primeiro momento, os esforços foram voltados para a estruturação e organização da instituição, formando a base para as futuras gerações. Algumas parcerias e articulações foram negociadas para este pontapé inicial.

 

 


patricia

Em 1989, os municípios sócios elegem a segunda diretoria. A então primeira-dama do município de Fortaleza, Patrícia Saboya, assume a presidência. A sua gestão priorizou as questões voltadas às crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. O apoio da APDMCE ao Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Criança foi de grande importância para a criação dos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente.

 

 

 


maria dantas

Em maio de 1991, Marta Maria Dantas Nunes, primeira-dama de Russas, é eleita presidente, compondo a terceira diretoria. Na sua gestão, a Associação cresceu e solidificou sua atuação como entidade representativa das primeiras-damas cearenses. A APDMCE participou de reuniões com o Ministério da Ação Social, em Brasília; do I Encontro Nacional de Primeiras-Damas, em Aracaju, em maio de 1992; e realizou, em Fortaleza, o Encontro Estadual, mobilizando representantes de vários municípios. A APDMCE promoveu ainda, uma intensa mobilização nacional de incentivo à criação de novas associações em todo o Brasil, tendo à frente Marta Dantas. O resultado foi a criação de novas entidades no período.

 

 


adoneideA quinta presidente da entidade assumiu em março de 1993. Adoneide Crispim da Silveira Clementino, primeira-dama de Itapiúna, deu um novo salto de qualidade ao trabalho realizado pela Associação. Entre as ações de sua gestão destacam-se a criação da Comissão de Articulação Interinstitucional de Ação Social e a realização de encontros meso-regionais, levando as discussões aos municípios. Já nesta época, a APDMCE previa a necessidade de se pensar a política pública de uma forma regionalizada. Nos projetos sociais incluíam-se ações voltadas para a educação e cultura. Foi criado o programa de capacitação de Educadores Infantis, que tinha como objetivo capacitar profissionais de educação infantil dentro de uma visão moderna, humana e, principalmente, focada nas particularidades da criança pequena. O projeto Canto em Cada Canto formou regentes em 48 municípios, possibilitando a criação de corais infantis. O projeto piloto físico-social, em prol da infância e adolescência, beneficiou 10 municípios, atendendo 600 crianças em situação de vulnerabilidade social, através de atividades socioculturais. O programa de Reforço Alimentar atendeu 51 municípios e beneficiou 46.221 crianças de 0 a 6 anos. Reeleita para um novo mandato, Adoneide Crispim solidificou e deu continuidade às ações iniciadas na primeira gestão, entre elas, o planejamento estratégico da entidade. Durante esta gestão, a APDMCE também apoiou através de documentos, informações e intermediação dos municípios com os órgãos competentes, a formação dos conselhos, planos e fundos municipais de assistência social.


ivoneide

Em 1997, Ivoneide Rodrigues Moura, primeira-dama de Pentecoste, tornou-se a sexta presidente da entidade. Durante sua gestão, a instituição teve um significativo impulso nas atividades relacionadas à Educação Infantil. Neste período a Associação ingressou no Conselho Interinstitucional de Educação Infantil e participou do Fórum Nordestino de Educação Infantil. Continuando seu papel de articuladora nacional, a APDMCE realizou, em Fortaleza, o Encontro Nacional das Primeiras-Damas e Administradoras Municipais, em maio de 1998.

 

 


maria jose

A sétima diretoria foi liderada por Maria José Torquato Araújo, primeira-dama de Russas. Suas ações foram voltadas para dar às primeiras-damas uma visão mais abrangente sobre as questões sociais. Neste contexto, a atuação das primeiras-damas assumiu dimensões maiores, onde a qualidade de vida da população passou a ser prioridade absoluta. Dentro desta linha de trabalho, a APMDCE realizou várias ações a exemplo da participação no Programa Reciclando e no Fórum de Educação; a reunião ampliada da instituição no Instituto do Câncer do Ceará; a descentralização das reuniões da entidade, que passaram a ser nos municípios; e a realização de cursos voltados para o desenvolvimento pessoal e profissional. Em 2001, Maria José foi reconduzida à presidência da instituição. A continuidade do trabalho da gestão anterior foi solidificada através do treinamento constante das primeiras-damas. As discussões dos grandes temas também continuaram na pauta da entidade, que realizou seu segundo Encontro Estadual, com a presença da coordenadora nacional da Pastoral da Criança, Zilda Arns. Uma delegação da entidade participou do 33º Congresso Mundial de Educação Infantil, realizado em Santiago do Chile. No aniversário dos 15 anos da instituição, em 2002, o presente foi para seu público: os municípios – com o lançamento do Projeto Eu Sou Cidadão – Amigos da Leitura, durante a Bienal do Livro do Ceará. O projeto nasceu com o objetivo de levar cultura, lazer e arte às crianças e adolescentes dos municípios cearenses, sensibilizando-os através da leitura. Inicialmente, 1500 crianças de 66 municípios receberam um kit literário. Hoje, o Eu Sou Cidadão é considerado o maior projeto social de incentivo a leitura do Nordeste. Se aproximando de oito anos de atuação, coordenado pela APDMCE, em parceria com a Fundação Demócrito Rocha, o projeto atua diretamente com 1.500 crianças e adolescentes, entre 10 e 14 anos, de 100 municípios cearenses, que incentivam o prazer da leitura na rede escolar, na comunidade e na família.


vania

Nos biênios 2003/2004 e 2005/2006, a presidência da APDMCE ficou a cargo da primeira-dama de Horizonte, Vânia Maria Dutra Melo Sousa. Em seu mandato foram intensificadas as ações voltadas para a pessoa idosa, com a implementação do Programa O Idoso e a Construção do Envelhecimento Saudável, em parceria com a Associação Cearense Pró-idoso (ACEPI). Pela primeira vez a instituição foi membro do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (CEDI-CE). Além disso, foram intensificadas as reuniões regionalizadas. O planejamento estratégico da instituição aconteceu em macrorregiões, reunindo primeiras-damas de cada região, com culminância em evento estadual. O evento, além de descentralizado, objetivou replicar a visão sistêmica do planejamento e da metodologia em cada município participante.

 

 


maria auxiliadoraNa gestão seguinte, de 2007 a 2008, a presidência da instituição foi da primeira-dama de Porteiras, Maria Auxiliadora Brasil Sampaio Cardoso. No seu mandato, a instituição iniciou a execução do programa de implantação de Brinquedotecas Públicas Municipais, com a parceria do UNICEF. No primeiro ano da gestão de Auxiliadora Brasil, a APDMCE mobilizou vários profissionais e familiares da educadora Stela Naspolini para a implantação de um instituto em sua homenagem. O Instituto Stela Naspolini foi criado e o seu principal objetivo é desenvolver e apoiar ações com foco no desenvolvimento infantil. O ISN, desde então, passou a ser um braço técnico da APDMCE. Também em 2007, a APDMCE foi a articuladora, no Ceará, do Programa de Redes para Criança, Adolescente e Jovem em risco social - A Garantia dos Direitos, do Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES). No Ceará, puderam se integrar a este programa os municípios que conquistaram 3 ou 4 edições do Selo Unicef - Município Aprovado, além dos Municípios da Região Metropolitana de Fortaleza e os Municípios com mais de 100 mil habitantes.


zelia lins

Em 2009, uma nova diretoria é eleita, estando à frente como presidente a senhora Zélia Lins, vice-prefeita e primeira-dama de Pedra Branca, com a gestão "APDMCE e municípios no desenvolvimento de capacidades locais". Após seis meses de atuação, a presidência passa a ser conduzida por Célia Costa Lima, primeira-dama de Limoeiro do Norte.

 

 

 

 


celiaNeste mesmo ano, a APDMCE mudou seu nome para Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Ceará. As primeiras-damas, no entanto, continuam sendo os agentes de transformação da entidade. A APDMCE é uma instituição não governamental que atua na rede de atendimento socioassistencial do Estado, mais diretamente nos municípios, através da elaboração e implementação de projetos e programas junto a gestores, técnicos e a população que se encontra em situação de vulnerabilidade e risco social dos municípios cearenses. Algumas das principais ações desenvolvidas em 2009 foram o Curso de Formação e os Festivais Regionais para a Pessoa com Deficiência, mobilizando cerca de 5.000 pessoas em torno dos direitos e da cidadania deste público. Além disso, a instituição editou duas publicações, dentro do Programa Selo Conhecer: Caixinha da Memória, de Arlene Holanda, que faz um panorama do patrimônio cultural dos municípios cearenses; e Olhar Diferente, de Bárbara Janiques e Emanuelle Lobo, que conta a história de superação de pessoas com deficiência. Em 2010, a APDMCE retoma a formação do coordenador municipal da política do idoso, com o Curso para a implantação do Sistema Municipal de Políticas para o Idoso. No início de 2011, Célia Costa Lima foi reeleita presidente da Instituição, buscando focar o trabalho nos municípios e no fortalecimento do sistema de garantia de direitos dos seus cidadãos.


jo fariasEm 2013, a instituição começou ser presidida pela primeira-dama de Horizonte, Jô Farias. O foco dessa gestão foi o intersetorialismo. “O sucesso de uma gestão está na união de todos os segmentos, em prol de um objetivo comum. Principalmente na administração pública, a Intersetorialidade é o melhor meio de articular todo o município em torno de ações que visem o crescimento integral de cada um dos cidadãos, suas famílias e comunidades”, frisou a senhora Jô Farias. Foi isso que a APDMCE promoveu, por meio de seus projetos e capacitações. Durante o seu mandato, o Projeto Eu Sou Cidadão lançou a Coleção dos Clássicos Cearenses recontados em Cordel, e lançou também os três primeiros livros da segunda coleção, o “Meu Caderno de Bordo”, “A Comédia nada Divina do Dante da Silva no Mundo das Drogas” e o livro “Vila 16 – Um Lugar cheio de Histórias”; o Programa O Ceará Cresce Brincando realizou três Caravanas do Brincar e da Leitura; O Programa O Idoso e a Construção do Envelhecimento Saudável realizou três Festivais Regionais de Informação, Arte, Cultura e Lazer para a Pessoa Idosa; o Programa Mulher Cearense lançou a Campanha “Sou Mulher, não aceito Violência”; e o Projeto Ceará Cidadão lançou a Certificação de práticas inovadoras nos municípios cearenses. Em 2015, Jô Farias foi reeleita, e em 2017 passou a presidência para a primeira-dama de Acopiara, senhora Rosimari Almeida.

 


 rosi2017No dia 26 de janeiro de 2017 foi empossada a nova diretoria da APDMCE, tendo à frente a primeira-dama de Acopiara, senhora Rosmari Almeida. A atual gestão assume com os municípios e parceiros do Ceará o compromisso de continuar atuando fortemente na busca da melhoria da qualidade de vida pessoal e social das famílias, na construção de estratégias e tecnologias sociais que fortaleçam políticas públicas, protejam e garantam direitos, pois é assim que a APDMCE, nos seus 30 anos de história, se pauta e realiza os seus trabalhos. Falou a presidente “é assim que continuaremos a fazer, juntos, com todos os atores sociais, primeiras damas, prefeitos, secretários, técnicos, movimentos e atores sociais”. Todos juntos em prol de “políticas públicas: garantindo direitos através da intersetorialidade”.

 


 

Newsletter

Cadastre-se para receber novidades da APDMCE

Calendário de Eventos

Novembro 2017
D S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2

IDOSO 2017 COREL

Fale Conosco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

facebook    youtuber    twitter   

 Facebook   |   Youtube   |   Twittter

Localização

maps2

Rua Maria Tomásia, 230 - Aldeota - Fortaleza-CE
Horário de Funcionamento:
Segunda à Sexta: 08 às 12hs - 13 às 17hs