S5 Corporate Response - шаблон joomla Книги
Terça, 18 Maio 2010 14:18

Ceará tem Rede da Primeira Infância

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Na tarde do último dia 15, uma Audiência Pública marcou o início dos trabalhos da Rede da Primeira Infância do Estado do Ceará (REPI-CE). O lançamento contou com a participação da deputada estadual Lívia Arruda, também presidente da Comissão da Infância e Adolescência; da coordenadora do UNICEF (CE, RN e PI), Ana Márcia Diógenes, de parceiros e municípios. O Ceará é o primeiro estado a implantar a rede estadual para a defesa dos direitos da primeira infância. A rede nacional foi fundada em 16 de março de 2007.

A audiência deu luz a urgência em garantir políticas públicas para esta fase da vida, que compreende crianças de 0 a 6 anos. A especialista em desenvolvimento i nfantil e representante do Banco Mundial, Mary Eming Young, proferiu a palestra "A relevância do investimento da Primeira Infância no desenvolvimento de uma comunidade", mostrando os avanços alcançados por alguns países, como Cuba e Austrália, que priorizaram os investimentos para a primeira infância. Além do orçamento, a especialista destacou a necessidade de monitorar e avaliar os avanços conquistados.
Para Vital Didonet, especialista em Educação Infantil e Direitos da Criança e representante da Rede Nacional da Primeira Infância, o Ceará deu um grande passo para o avanço da melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes e deve ser tomado como exemplo por outros estados. Didonet falou sobre a importância da primeira infância para o desenvolvimento do indivíduo.

É na primeira infância que acontecem as primeiras descobertas e são desenvolvidas as habilidades, atitudes e aprendizagens de cada pessoa. Percebendo a importância desse período para a formação do ser humano, foi criada a Rede da Primeira Infância, com o objetivo de articular e mobilizar políticas públicas nas diversas áreas da infância, tais como: saúde, nutrição, educação, assistência social, cultura e lazer, água potável, habitação, saneamento básico, e segurança.

A proposta da rede foi apresentada por Tati Andrade, do UNICEF e dentre as primeiras atividades a serem realizadas está a mobilização de novos associados e o mapeamento da situação da primeira infância no estado do Ceará.
Já fazem parte da Rede, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), o Instituto de Prevenção à Desnutrição e a Excepcionalidade (Iprede), a Pastoral da Criança, o Governo do Estado, o Instituto da Infância (Ifan) que assume também a Secretaria Executiva da Rede, a Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDMCE), o Instituto Stela Naspolini (ISN), a Sociedade Cearense de Pediatria (SOCEP), a ONG Catavento Comunicação e Educação e a Comissão da Infância e Adolescência da Assembléia Legislativa.

Podem participar representantes de organizações da sociedade civil, do governo, do setor privado e de outras redes que atuam na promoção e na garantia dos direitos de crianças de zero a seis anos. Os interessados podem entrar em contato com o Ifan, instituição responsável pela secretaria executiva da Rede no telefone (85) 3268.3979 ou pelo site www.ifan.com.br.

Lido 7092 vezes

Fale Conosco

captcha
Atualizar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

facebook      youtuber  twitter     Icon instagram

 Facebook   |   Youtube   |   Twittter  |  Instagram

Localização

maps2

Rua Maria Tomásia, 230 - Aldeota - Fortaleza-CE
Horário de Funcionamento:
Segunda à Sexta: 08 às 12hs - 13 às 17hs